top of page

Euronews: Oktyabrskaya: A rua de Minsk que foi de centro industrial a polo cultural.




Grafites gigantes nas paredes dos prédios da fábrica. Uma explosão de cores em meio à pesada e monótona arquitetura soviética.


É difícil acreditar, mas há alguns anos, Oktyabrskaya era uma rua típica nos arredores de Minsk, com prédios de fábricas meio abandonados e pouco mais.


No entanto, graças aos artistas de rua e a uma nova onda de arquitetos e designers, a rua mudou completamente - tornando-se um centro de atração para a juventude criativa.


Tudo começou em 2014, quando um grupo de artistas de rua brasileiros veio a Minsk para pintar junto com artistas bielorrussos em uma das ruas mais incomuns da capital bielorrussa.


O festival internacional de arte de rua Vulica Brasil, que aconteceu por três anos consecutivos, foi organizado pela embaixada do Brasil em Minsk.


Você pode facilmente passar o dia inteiro admirando o resultado dessa colaboração na Rua Oktyabrskaya.


Possivelmente um dos maiores murais do mundo pode ser visto no prédio 19/5 da rua Oktjabrskaja, pelo artista brasileiro Ramon Martins.



O colagem dos animais ameaçados de extinção de Belarus, incluindo veados e bisões, o símbolo bielorrusso, cobre mais de 3000 metros quadrados.


O estilista de moda bielorrusso, Apti Eziev, frequentemente vai para a rua em busca de inspiração. Ele acredita que nos últimos 5 anos ela se tornou um centro cultural para a cidade de Minsk.


"Por causa desta rua, Minsk se tornou mais livre, respira. A juventude carecia de espaço para se expressar. As pessoas que vêm de outras cidades - elas ficam tão impressionadas que nem querem voltar para casa".


Mas não são apenas os artistas urbanos que são atraídos para a área hoje. Os turistas adoram os bares e cafés da moda na rua Oktyabrskaya.


O setor industrial não abandonou completamente Oktyabrskaya - uma fábrica de máquinas chamada em homenagem à Revolução de Outubro de 1917 (MZOR) ainda opera lá.

As dificuldades financeiras levaram a estatal MZOR a alugar ou vender algumas de suas instalações para os desenvolvedores de Oktyabrskaya, mas a empresa ainda mantém alguma produção com uma força de trabalho reduzida.


A filósofa Olga Shparaga afirma que a transformação da Rua Oktyabrskaya em "um estado dentro de um estado" é um modelo de mudança positiva na cidade e um sonho de Minsk para muitos.


Комментарии


bottom of page